Como seria final alternativo de Quase Famosos? Cameron Crowe responde · Rolling Stone


Cameron Crowe, diretor de Quase Famosos, revelou quais mudanças o final alternativo do filme terá no boxset de edição limitada

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 13/07/2021, às 20h20

Após a estreia em 2000, Quase Famosos se tornou um filme clássico para os amantes de rock, pois juntava bandas, a música e cultura da década de 1970 e a revista Rolling Stone em uma única produção. Porém, Cameron Crowe, o diretor do longa, revelou alguns detalhes sobre um final alternativo. As informações são do NME. 

Na versão original, William, interpretado por Patrick Fugit, é completamente apaixonado pela personagem de Kate Hudson, uma groupie chamada Penny Lane. Como revelou o ator ao Indie Wire, no final alternativo, o astro do rock terminaria com Polexia (Anna Paquin). 

+++LEIA MAIS: 6 curiosidades de Quase Famosos, o filme que fez muita gente querer trabalhar na Rolling Stone [LISTA]

O ator revelou a informação enquanto divulgava o o corte estendido de uma edição limitada que será lançado em formato de boxset:Crowe imaginou um futuro no qual William e Polexia terminavam juntos anos após o tempo na estrada. “[Will e Polexia] terão uma química incrível que não enxergaram antes, obviamente porque ele estava apaixonado por Penny Lane,” disse Fugit.

O final em aberto de Quase Famosos indica que Polexia se envolve com Jeff (Jason Lee) e William termina com Penny Lane. Essa não era a intenção de Crowe, no entanto: “Eu disse: ‘Agora, ele sabe o nome verdadeiro de Penny, Lady Goodman, então fazem o que haviam planejado?’ E Cameron disse: ‘Irmão, não, não fazem,'” revelou Fugit.

+++LEIA MAIS: O que é verdade e o que é mentira em Quase Famosos, filme sobre adolescente trabalhando na Rolling Stone

Na versão alternativa, Fugit afirmou como seu personagem divide mais cenas com Polexia. “A ideia [com Penny] era como se fosse algo do passado. É uma memória boa de um primeiro amor, mas nunca vai se manifestar.”

A trilha sonora do filme também foi alterada no novo boxset: agora, tem 102 faixas. Entre elas, estão a versão inédita do clássico de Elton John,Tiny Dancer,” com interpretação do elenco, e um remix de “Amazing Journey” e “Sparks,” do The Who, com arranjo de Cameron Crowe.

+++LEIA MAIS: Dossiê Quase Famosos: O saudosismo da cena rock dos anos 1970


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »