Com 13 anos de resgates, Rancho Bicho Feliz abriga quase 1 mil cães retirados do abandono em cidades do Oeste Paulista | Presidente Prudente e Região

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Localizado em Martinópolis (SP), o Rancho Bicho Feliz abriga quase mil cães que estavam abandonados e foram resgatados em cidades do Oeste Paulista. A responsável pelo trabalho, que já dura 13 anos, é a voluntária Ana Paula Leocádia Puro.

Ana Paula conversou com o g1 e contou que, desde criança, já gostava de acolher animais abandonados.

Mas foi em meados de 2008 que a voluntária resolveu iniciar um trabalho de resgate de animais de rua.

Passou vários anos acolhendo os cães no quintal de sua casa, até que em 2018 decidiu montar um abrigo, pois já atingia a marca de 35 animais sob sua tutela.

Rancho Bicho Feliz abriga quase 1 mil cães abandonados — Foto: Ana Paula Leocádia Puro

De início, alugou uma casa próxima ao Balneário Laranja Doce, que fica em Martinópolis, para abrigar os cães. Sozinha, ela reformou todo o local. No imóvel, ficou por cerca de um ano, até que precisou arrumar um novo local para o abrigo, devido a problemas com o proprietário.

Foi então que alugou uma chácara na estrada que liga o município à represa. É lá que ela está atualmente.

O imóvel está locado por 12 anos para Ana Paula e lá ela construiu, com ajuda da comunidade, um recinto para os animais com algumas baias para separar os doentes ou que necessitam de mais cuidados.

Rancho Bicho Feliz abriga quase 1 mil cães abandonados — Foto: Ana Paula Leocádia Puro

Ana Paula e seu marido cuidam sozinhos de todos os animais, além de realizarem outras atividades para manter o sustento da casa e da estrutura do local. E toda a manutenção dos animais, como ração e remédios, depende do apoio da população por meio de doações.

Ela contabiliza 973 animais resgatados durante esses 13 anos de trabalho. Somente ao longo do ano de 2021, foram 139 animais resgatados.

A voluntária Ana Paula Leocádia Puro atua no resgate de animais abandonados — Foto: Ana Paula Leocádia Puro

Todo esse trabalho de resgate e cuidado com os cães requer muito tempo e disposição e Ana Paula relatou ao g1 que sua vida mudou totalmente após o abrigo.

“Eu saía, eu viajava. Hoje eu não saio mais. O único lugar a que vou é na minha mãe e nos meus filhos”, contou a voluntária.

Ana Paula salientou também que não confia em deixar os animais com outras pessoas para poder viajar, pois conhece todos os cães desde o resgate e acompanha todo o desenvolvimento deles até o momento da adoção.

Rancho Bicho Feliz abriga quase 1 mil cães abandonados — Foto: Leonardo Bosisio/g1

O resgate mais emblemático para Ana Paula aconteceu em 2019, quando resgatou 23 cães de uma chácara próxima a Álvares Machado (SP). A denúncia chegou até ela por meio de um advogado, que precisava de ajuda de pessoas protetoras de animais para retirar os cachorros do local.

Ana Paula se propôs a ir resgatar os 23 animais que sofriam maus-tratos no local que ela batizou de “chácara do horror”. Ela foi atrás de castração e vacinas para todos eles e, aos poucos, conseguiu fazer a doação responsável.

Apesar dos esforços para salvá-los, dois animais não sobreviveram devido à situação bastante debilitada em que se encontravam.

Josiane adotou Maya, que está em seu colo, no Rancho Bicho Feliz — Foto: Josiane Lima/Cedida

Adoção = transformação

A comerciante Josiane Lima adotou há cerca de nove meses a cadela Maya no abrigo Rancho Bicho Feliz. Ela contou ao g1 que já conhecia Ana Paula e que decidiu adotar um cachorro quando um de seus animais morreu.

Segundo Josiane, o que muda em uma família quando ela decide adotar um cachorro é que o animal “preenche com alegria e nós aprendemos a amar um ser tão especial”.

Para ela, o trabalho que a voluntária Ana Paula desenvolve é extremamente importante e que poucos conseguem fazer, pois há total entrega e dedicação.

“Só tenho gratidão por ela existir e fazer a diferença na vida desses cachorros, que, por muitas vezes, chegam lá à beira da morte”, enfatizou ao g1.

Rancho Bicho Feliz abriga quase 1 mil cães abandonados — Foto: Ana Paula Leocádia Puro

Quem deseja adotar um animal de forma responsável pode entrar em contato com o abrigo pelo Facebook ou pelo Instagram, ou ir diretamente até a sede do Rancho Bicho Feliz, em Martinópolis. Por medida de segurança, Ana Paula não divulga o endereço do abrigo.

Segundo a voluntária, todos os animais são entregues castrados, vermifugados, com hemograma para atestar a situação da saúde deles e ainda com a primeira dose da vacina V10 aplicada.

Além disso, o tutor assina um termo de adoção responsável e recebe visitas surpresas de Ana Paula pelos seis meses seguintes para avaliar a situação em que o animal se encontra no novo lar. Só após esse período o cachorro passa a ser totalmente de seu novo tutor.

Os interessados em ajudar o abrigo podem fazer doações, através do PIX – (18) 99752-3728, ou entrar em contato diretamente com a voluntária Ana Paula, por meio das redes sociais, no Instagram e no Facebook.

A voluntária Ana Paula Leocádia Puro atua no resgate de animais abandonados — Foto: Ana Paula Leocádia Puro

VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »