Centrais sindicais criticam intolerância em manifestações e hostilidades a Ciro – 03/10/2021 – Painel


As centrais sindicais criticam em carta divulgada nesta domingo (3) as hostilidades sofridas por militantes do PDT e pelo presidenciável Ciro Gomes no ato contra Jair Bolsonaro na avenida Paulista, em São Paulo.

O pedetista foi vaiado durante seu discurso e na saída da manifestação se envolveu em uma discussão com militantes, que tentaram agredi-lo.

As centrais atacam a intolerância, a postura autoritária e a violência física contra Ciro e afirmam que tem se tornado comum nos atos contra o presidente “ataques de grupos minoritários sem expressão e sem representatividade”.

“Parece que não está claro para eles qual o verdadeiro foco da manifestação e, com isso, nos resta concluir, que agitações como essas que prejudicam e dividem o próprio campo progressista tem apenas uma consequência: fortalecer o atual governo de extrema direita”, diz o texto.

Somente a CUT não assina o documento subscrito pelos presidentes da Força Sindical, União Geral dos Trabalhador, Central dos Sindicatos Brasileiros, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, Nova Central Sindical de Trabalhadores, Intersindical Central da Classe Trabalhadora e Pública Central do Servidor.


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »
%d blogueiros gostam disto: