Black Princess abre casa dedicada a cervejas, shows e tatuagens em Pinheiros – Copo cheio

amazon celulares maior Vision Art NEWS


Um novo espaço chega ao cada vez mais cervejeiro largo da Batata, em Pinheiros. A Black Princess House inaugura nesta quinta (30) sua casa, dedicada ao consumo de muita música e, claro, dos rótulos da Black Princess, cerveja premium do grupo Petrópolis. A princípio, o bar funciona até 28 de novembro, sempre de quarta a domingo.

Com arquitetura moderna, iluminação cuidadosa e espaços instagramáveis, a casa da Black Princess quer dar vazão às novas atrações musicais, muitas das quais nasceram durante a pandemia e fizeram sucesso nas redes sociais, mas ainda esperavam por um palco.

“Trouxemos um line-up muito diversificado. São 19 bandas e 28 DJs, algumas que nasceram no meio da pandemia, mas nunca tiveram a oportunidade de se apresentar ao público. São bandas que estão construindo uma história nova hoje, que pode virar um clássico amanhã”, conta Eliana Cassandre, gerente de marketing do Grupo Petrópolis. Ela lembra que muitas das atrações foram sugeridas pelo super DJ Alok, parceiro da marca em outros projetos.

Não estranhe se sentir um certo déjà-vu ao chegar ao número 640 da rua Fernão Dias, na cara do largo da Batata. É que o endereço já abrigou outro bar sazonal no passado, o Pop-up Taproom Lagunitas.

“O largo da Batata é um espaço muito boêmio, com muitas histórias. Ele tem glamour, está no meio de São Paulo, tem gastronomia, comércio, é uma região muito democrática. E tem uma diversidade de público que é o que a gente quer trazer para a marca”, explica Cassandre, ao escolher o local, próximo de outras grandes marcas, como a Goose Island Brewhouse e a Hoegaarden Greenhouse —esta, praticamente ao lado da nova Black Princess House.

Ainda associado ao lado musical, o novo bar tem um miniestúdio para gravações de podcasts. Acima do palco, há ainda uma área para quem quiser fazer uma tatuagem —de motivo cervejeiro, de preferência.

Para beber, o bar terá os oito rótulos de linha da Black Princess: Gold (uma premium lager), Dark, Doctor Weiss, Let’s Hop, Miss Blonde, Back To the Red, Tião Bock e Apa-82. Há também rótulos sazonais que podem se revezar, como o recém-lançado Gimme Fire (apenas em long neck), uma rauchbier com aroma defumado e 5,6% de álcool. 

Para comer, a Black Princess House oferece um rodízio de food trucks, estacionados ao lado das mesas em uma área aberta. Na primeira semana, o menu é de hambúrgueres, incluindo opção vegana.

Ainda com cuidados devido à pandemia de Covid-19, a casa estabeleceu protocolos mais rigorosos que a média do setor para quem quiser conhecer o estabelecimento: é preciso se inscrever pelo site blackprincesshouse.com.br. Na entrada, limitada a cem pessoas, será necessário mostrar o comprovante de vacinação. Uso de máscara é obrigatório no espaço, que promete respeitar o distanciamento entre as mesas e oferecer álcool em gel.

Black Princess Houser. Fernão Dias, 640, Pinheiros. Qua. a sáb.: 17h às 23h. Dom.: 12h às 20h. Até 28 de novembro. Inscrição e programação em blackprincesshouse.com.br

 

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

amazon computadores Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »
%d blogueiros gostam disto: