As melhores HQs, séries e podcasts com protagonistas negros


Hoje (20) é o Dia Nacional da Consciência Negra. É importante usar a data para promover reflexões sobre a inserção do negro na sociedade, levantando questões sobre racismo, discriminação, igualdade social e a cultura africana.

No entretenimento existe um abismo racial, são poucos  negros na TV e cinema (sejam elas dentro ou fora das telas nas pessoas que dirigem e produzem audiovisual).

Entretanto, uma nova leva de produções está levando protagonismo para as pessoas negras com temáticas que vão desde o racismo à relacionamentos. Separamos dicas de filmes, séries, HQs e podcasts.

Greenleaf

Lançada em 2016 pelo canal da apresentadora Oprah Winfrey e distruido aqui pela Netflix, esse drama de sucesso acompanha Grace Greenleaf (Merle Dandridge), filha do pastor James (Keith David), voltar para casa depois de duas décadas, escancara os bastidores sujos de uma igreja evangélica que aparenta ser um centro de boas ações.

O elenco principal é composto 100% por negros, as cinco temporadas abordam temáticas como corrupção, adultério e repressão a homossexualidade.

Manhãs de Setembro

Este original da Amazon conta a história de Cassandra (Liniker), uma mulher trans que trabalha como motogirl em São Paulo e que tem na música sua maior força. Ela precisou abandonar sua cidade para realizar o sonho de se tornar cover de Vanusa. Após anos de muito sofrimento, Cassandra vive agora um momento de estabilidade, contudo, tudo se complica quando sua ex-namorada, Leide (Karine Telles), reaparece com um menino que diz ser seu filho.

Aclamado pela mídia especializada, a série receberá uma 2ª temporada.

Moonlight

Black trilha uma jornada de autoconhecimento enquanto tenta escapar do caminho fácil da criminalidade e do mundo das drogas de Miami. Encontrando amor em locais surpreendentes, ele sonha com um futuro maravilhoso.

O longa, vencedor do Melhor Filme no Oscar, retrata de forma real e tocante sobre ser negro e gay nos subúrbios dos Estados Unidos. Moonlight está disponível na HBO Max.

Homem-Aranha no Aranhaverso

Após ser atingido por uma teia radioativa, Miles Morales, um jovem negro do Brooklyn, se torna o Homem-Aranha, inspirado no legado do já falecido Peter Parker. Entretanto, ao visitar o túmulo de seu ídolo em uma noite chuvosa, ele é surpreendido com a presença do próprio Peter, vestindo o traje do herói por baixo de um sobretudo. A surpresa fica ainda maior quando Miles descobre que ele veio de uma dimensão paralela, assim como outras versões do Homem-Aranha.

A animação foi aclamada pela crítica e ganhou diversos prêmios, incluindo de Melhor Animação no Oscar. Um filme de continuação e um spin-off estão em desenvolvimento.

Angola Janga – Marcelo D’Salete

Angola Janga - Marcelo D'Salete
Imagem: Divulgação

Narra a morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo mais importante da diáspora africana no Brasil, comunidade autônoma de africanos fugidos da escravidão.

Durante onze anos Marcelo D’Salete pesquisou e preparou-se para contar a história dessa rebelião que tornou-se nação, referência maior da luta contra a opressão e o racismo no Brasil.

Angola Janga foi publicado também na França, Alemanha, Portugal, Polônia e Estados Unidos. Em 2018, o livro ganhou o Troféu HQ Mix na categoria Melhor Edição Especial Nacional e o Prêmio Jabuti de Melhor História em Quadrinhos.

Autor premiado tem outras obras relacionados a história da resistência à escravidão no Brasil pela ótica dos povos negros.

Confinada – Leandro Assis e Triscila Oliveira

Confinada - Leandro Assis e Triscila Oliveira
Imagem: Divulgação

Criada no Instagram, Confinada surgiu durante a pandemia e expõe de forma quase verossímil o racismo e desigualdade entre patroas e empregadas. Na história, Ju é empregada de Fran, uma influenciadora com milhões de seguidores. Por conta da pandemia, as duas encaram uma dura convivência. Fran se revela mais alienada, e sobretudo cruel, do que ela poderia supor.

Na relação entre Ju e Fran, a cada episódio, o racismo e o ódio de classe, bem como os interesses econômicos que alimentam a injustiça e os privilégios da branquitude.

Recentemente, HQ ganhou como Web Quadrinhos no Troféu HQ Mix de 2021.

Mano a Mano podcast
Imagem: Divulgação

Comandado por Mano Brown, uma das vozes mais relevantes do país, reúne convidados polêmicos. O papo é reto com personalidades do esporte à política, da música à religião. Dentre os episódios mais populares, o artista já bateu um papo com o Dr. Dráuzio Varela e o ex-presidente Lula.

Meteora
Imagem: Divulgação

A jornalista Cris Guterres e a publicitária Renata Hilário comandam o programa com temas importantes através de um olhar moderno, dando vozes a pessoas antes invisibilizadas, contar histórias que por muito tempo foram escondidas.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »