“Arrasado”: Caetano Veloso lamenta morte de Letieres Leite e homenageia músico no Instagram


Caetano Veloso e Letieres Leite
Crédito: Instagram @caetanoveloso
coma inscricao desktop Vision Art NEWS

 

Mais cedo, te contamos aqui sobre a morte do músico baiano Letieres Leite.

Querido por muitos, o artista já recebeu diversas homenagens nas redes sociais desde o fatídico comunicado de seu falecimento.

Uma das mais recentes foi feita por ninguém menos que Caetano Veloso.

O ícone da MPB, que postou fotos e vídeos no Instagram que corroboram sua intimidade com Letieres, afirmou que está “arrasado” com a morte:

Acabo de receber a notícia inaceitável: Letieres Leite faleceu. Formado pela prática nos trios elétricos, autodidatismo, cursos específicos na UFBA e por estudos em Viena, esse portento da música, há anos à frente da Orkestra Rumpilezz, aquele deslumbramento de sopros e percussão, e do requintado Quinteto que leva seu nome, Letieres teve diálogo com as mais densas expressões da música brasileira, de Moa do Catendê a Toninho Horta, passando por Hermeto Paschoal, Daniela Mercury e Lulu Santos – além de ter sido, por anos, a base do trabalho de Ivete Sangalo. Arranjou o álbum recente de Bethânia e também o show que o antecedeu. Orquestrou a faixa “Pardo” do Meu Coco. Conversar com ele era ganhar uma aula sobre claves rítmicas e gostos harmônicos. Estou arrasado com a notícia de sua morte. Ele era muito próximo. Ensinou meu filho Zeca a surfar, quando ele era menino. A música baiana, a música brasileira, a música perdeu hoje um dos seus maiores formadores. A vida perdeu um dos seus mais dignos representantes. 🖤 @letieresleite #CaetanoVeloso #LetieresLeite #Luto.

Causa da morte de Letieres Leite não foi divulgada

Letieres Leite tinha 61 anos e a causa de sua morte não foi oficialmente divulgada até agora. O maestro tinha asma severa e recentemente havia sido infectado pelo coronavírus.

Ele, que era considerado grupo de risco para a COVID-19 mesmo tendo recebido as duas doses da vacina, vinha se recuperando em casa dos sintomas mais graves.

Músico, produtor, arranjador, educador e influência para artistas independentes e gigantes, Letieres dos Santos Leite nasceu em Salvador, na Bahia, e estava à frente do Instituto Rumpilezz.

Em sua carreira, ele nos brindou com obras riquíssimas como o disco A Saga da Travessia (2016) e projetos como Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz (2009), Canção da Cabra (com Sylvio Fraga Quinteto, 2017) e O Enigma de Lexeu (2019).

Confira a seguir a homenagem de Caetano Veloso a Letieres Leite no Instagram:

banner telegram tmdqa Vision Art NEWS

 

Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.

 



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »