Apple quer produzir baterias para seu carro autônomo nos Estados Unidos


Depois de um tempo sem rumores e informações de bastidores, o Apple Car ganha as manchetes sobre sua produção, que ainda é cercada de muito mistério. Desta vez, o pessoal do Digitimes revelou que a empresa quer que as baterias de seu carro, que será elétrico e autônomo, sejam produzidas nos Estados Unidos em função da crise dos semicondutores e da crise comercial com a China.

O antigo cenário era de que a Apple já havia iniciado algumas conversas com as chinesas CATL e BYD, porém, com a ideia de trazer a produção para os EUA, essa movimentação deve ser dificultada. Sendo assim, a empresa recorreu a outros parceiros, desta vez em Taiwan, casos de Foxconn e Aleees. Com um maior trânsito com essas fabricantes, é possível que Cupertino atinja seu objetivo.

Segundo o Digitimes, semicondutores e baterias de lítio são agora consideradas estratégicas pelo governo dos EUA. Embora as baterias de lítio chinesas sejam conhecidas por seu baixo custo e bom desempenho, a guerra comercial com o país se tornou um grande entrave nesse fornecimento. Nesse cenário, a Apple vê mais vantagens em domesticar a produção e evitar a falta dos recursos para seus automóveis.

i368782 Vision Art NEWS
Carro da Apple deve ser elétrico e autônomo (Imagem: Matheus Argentoni/Canaltech)

Para a fabricação do carro, efetivamente, a Foxconn ganha campo e pode ser e escolhida pela Apple para montar os veículos, já que a negociação com a Hyundai/Kia não vingou. Como a Maçã quer ser a única marca presente no produto, faria mais sentido, de fato, estabelecer a linha de montagem com uma parceira de longa data. A negativa da Hyundai em ser uma mera coadjuvante tornou o caminho plausível.

O Project Titan, ou Apple Car, ainda não foi revelado oficialmente pela Apple e não há previsão para que isso aconteça.

Fonte: 9to5Mac, Digitimes

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »