Após chamar brasileiras de ‘mercadoria’, professor é demitido da Universidade do Porto – Notícias

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS



O professor de economia Pedro Cosme da Costa Vieira foi afastado e será demitido da Universidade do Porto, em Portugal, após denúncia assinada por 129 estudantes em 2021. No documento, ele é acusado de fazer comentários sexistas, xenofóbicos e de incitar o ódio durante suas aulas. A decisão foi publicada no Diário da República.


De acordo com reportagem publicada no jornal português Público, Vieira teria dito que “mulheres brasileiras são mercadorias” e perguntou aos alunos: “Sabem o que é uma caçadeira? Aquela arma que os homens usam para matar as mulheres”.


O professor foi suspenso por 90 dias e teve um prazo de dez dias para se defender, mas não o fez. O Senado aprovou por maioria a demissão do professor. 


Em 2020, um grupo de estudantes brasileiros denunciou atos de xenofobia e racismo por parte de professores e alunos na Universidade do Porto. 


Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »