Anvisa aprova produto medicinal à base de canabidiol


A Anvisa aprovou nesta sexta-feira (29) um novo produto medicinal à base do canabidiol, substância presente na Cannabis. Ele será produzido na Colômbia e importado para o Brasil, pois o plantio desta planta é proibido para pessoas físicas aqui. Apenas empresas, governos, organizações ou grupos criados com uma finalidade especifica podem plantar a Cannabis em território brasileiro.

https://lorena.r7.com/post/Como-funcionam-as-bombas-de-insulina

https://lorena.r7.com/post/TikTok-pode-estar-causando-aumento-nas-queixas-de-tiques-entre-adolescentes-dizem-estudos

https://lorena.r7.com/post/Higiene-do-sono-O-que-e-e-como-ela-pode-ajudar


Essa autorização permite que o produto seja importado já pronto para o uso e comercializado em farmácias e drogarias. Ele deverá ser retirado mediante a apresentação de uma receita do tipo B (cor azul), feita para medicamentos psicotrópicos (que atuam no sistema nervoso e alteram percepções, emoções e/ou comportamentos do paciente) e psicotrópicos anorexígenos (que causam redução ou perda de apetite).


cannabis Vision Art NEWS

Medicamentos feitos com Cannabis ajudam no tratamento de doenças como epilepsia e depressão, de acordo com pesquisas da Fiocruz. (Foto: Reprodução/Creative-Family/Getty Images)


Diante disso, a Anvisa declarou que “O produto à base de canabidiol aprovado pela Anvisa é prescrito quando estiverem esgotadas outras opções terapêuticas disponíveis no mercado brasileiro. A indicação e a forma de uso do produto são de responsabilidade do médico prescritor, sendo que os pacientes devem ser informados sobre o uso do canabidiol”.

Produtos feitos com Cannabis no Brasil

Este é o quinto produto à base dessa substância a ser liberado para fins medicinais aqui no Brasil. Isso acontece após a aprovação feita em junho deste ano de um projeto que alterava a Lei Antidrogas, permitindo o “cultivo, processamento, pesquisa, armazenagem, transporte, produção, industrialização, manipulação, comercialização, importação e exportação de produtos à base de Cannabis” para uso medicinal, veterinário, científico e industrial da Cannabis.

De acordo com o projeto, as plantações para uso medicinal devem ter o perímetro protegido com tela, alambrado de aço ou muros de alvenaria para impedir o acesso de pessoas não autorizadas. 

Bolsonaro declarou na época que vetaria o projeto.

Foto destaque: Medicamento à base de canabidiol. Reprodução/Freepik



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »