Ainda em “fase de crescimento”, Rivian diz que não espera lucro rápido

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Em relatório anual entregue à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, em inglês), a startup Rivian afirma não esperar que a operação tenha lucro imediato em seus primeiros anos. De acordo com a companhia, bancada pela Amazon, o momento atual é de uma “fase de crescimento”.

“Incorremos em perdas líquidas desde o nosso início, incluindo perdas de US$ 400 milhões, 1 bilhão e 4,7 bilhões nos exercícios encerrados em 31 de dezembro de 2019, 2020 e 2021”, diz a startup no documento. “Continuaremos a incorrer em perdas operacionais e líquidas no futuro enquanto crescemos, inclusive após nossa geração inicial de receitas com a venda de nossos veículos, com a [picape] R1T em setembro de 2021 e o [SUV] R1S e o [furgão] EDV em dezembro de 2021.”

publicidade

Como qualquer startup, as chances da Rivian obter lucro nos primeiros anos é mais difícil. O apoio da Amazon, no entanto, permite à nova fabricante correr menos risco de falir do que outras concorrentes. Nesse sentido, o conglomerado de entregas já encomendou 100 mil vans à startup, além de bancar um investimento de US$ 1 bilhão.

“Se algum dia chegarmos ao lucro, isso dependerá de um desenvolvimento bem-sucedido e da introdução comercial e aceitação de nossos veículos de consumo, como o R1T e o R1S, e nossos veículos de frota comercial, como o EDV, e nossos serviços, que podem não ocorrer”, diz o relatório da marca.

Rivian R1T: montadora espera ter 10% das vendas globais de EVs em 2030
Jarlat Maletych/Shutterstock

Ainda no início do mês, a Rivian divulgou seus ganhos no quarto trimestre de 2021 e afirmou que vai reduzir sua meta de produção para o ano de 40 para 25 mil unidades. No período, a empresa relatou também uma perda de receita de US$ 54 milhões (R$ 252 milhões).

“Nosso caminho até a liderança dos veículos elétricos não será fácil”, disse a empresa no relatório de ganhos. “No curto prazo, não estamos imunes aos problemas da cadeia de suprimentos que desafiam toda a indústria.”

O peso dos fornecedores na produção da Rivian, nesse sentido, é significativo. No início de março, a companhia havia anunciado, por exemplo, que sua fábrica em Normal (Illinois) teria a capacidade para produzir 50 mil veículos em 2022. Em razão da crise dos semicondutores, no entanto, a expectativa caiu para 25 mil.

Em 2021, a Rivian anunciou um prejuízo líquido de US$ 2,5 bilhões (R$ 12 bilhões), com os custos subindo para US$ 3,7 bi (R$ 17,2 bi) em comparação a US$ 1 bilhão (R$ 4,7 bi) no ano anterior. Ainda no ano passado, a startup produziu 1.015 unidades — a ideia era de 1.200 —, enquanto em 2022, foram fabricadas 1.410 (até o início de março).

Crédito da imagem principal: Rivian/Divulgação

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »